Com setor sucroenergético em crescimento, FENASUCRO & AGROCANA supera expectativas

05 set 2018

A 26ª FENASUCRO & AGROCANA, realizada de 21 a 24 de agosto, em Sertãozinho/SP, confirmou as expectativas projetadas pela organização, com negócios na ordem de R$ 4 bilhões iniciados no evento e que serão concretizados nos próximos meses, além de 39 mil visitantes, números que superam a edição de 2017. A feira, considerada vitrine mundial de tecnologia e investimentos para o setor sucroenergético, recebeu compradores de aproximadamente 25 países e de 20 estados brasileiros.

O aumento, tanto em visitas quanto em negócios, em grande parte, é explicado pelo cenário mais positivo e de retomada de investimentos no segmento sucroenergético, que agora terá mais previsibilidade para investir com uma política de incentivo estruturada pelo RenovaBio, programa do Governo Federal em fase de regulamentação e que prevê aumento na produção de etanol e maior participação dos biocombustíveis na matriz energética.

“A feira superou nossas expectativas. Ela é bem setorial e por isso atrai mais interessados em negócios, e não curiosos. Lançamos produtos que tiveram bastante aceitação. É um bom evento também para prospectar negócios que continuam sendo realizados nos próximos meses”, avalia Marcos de Abreu Pereira, responsável pelo comercial da Truckvan, uma das mil marcas presentes.

As rodadas de negócio, nacional e internacional, impactaram diretamente no volume de negociações realizadas in loco e naquelas que começam na feira e continuam durante os próximos meses. Somente nas reuniões direcionadas aos visitantes estrangeiros, promovidas pela APLA/APLEX, foram movimentados R$ 300 milhões, com a realização de 616 reuniões durante o evento.

As negociações nacionais, realizadas pelo CEISE Br, contaram com um incremento importante gerado pela rodada agrícola – novidade este ano. Ao todo, 127 reuniões foram realizadas com movimentação de negócios da ordem de R$ 24 milhões, superando os R$ 13 milhões esperados.

No geral, segundo o diretor da feira, Paulo Montabone, a cogeração de energia e a produção de açúcar foram os principais temas de interesse entre fornecedores e compradores. “Tivemos uma edição que superou as expectativas da organização e dos próprios expositores, que classificaram a feira como excelente ou ótima. As rodadas também foram um sucesso, o que demonstram que nossas projeções na ordem de R$ 4 bilhões estavam corretas e alinhadas com uma retomada do setor. Percebemos um público ainda mais qualificado”, diz Montabone.

Para o presidente do CEISE Br, Aparecido Luiz, as expectativas foram atingidas porque trata-se de um evento completo, que integra conhecimento e negócios e por ter abordado o tema Sinal Verde para o Futuro, que destaca a bioenergia como alternativa promissora. “Os resultados demonstram que a FENASUCRO & AGROCANA é a grande referência, o termômetro do setor sucroenergético. Além das tradicionais empresas, estrearam 30 nesta edição, o que significa que apostaram, assim como nós acreditamos na magnitude desse evento, que proporciona uma experiência única aos expositores e visitantes”, diz.

Montabone reforça a importância do tema evento diante de um futuro mais promissor para a cadeia sucroenergética. “Com o RenovaBio, o setor precisará estar preparado para elevar a produção de etanol de 30 bilhões de litros para 50 bi por safra até 2030. Outra regulamentação que já está em vigor é o percentual 10% maior em relação à mistura do biodiesel no diesel vendido ao consumidor, lembrando também que a biomassa está em um cenário protagonista para a produção de bioeletrecidade. Toda essa realidade exigirá maior capacidade industrial e investimentos para o setor atender todas as demandas deste programa. A feira deu a largada rumo a este futuro”, acrescenta.

Propagando e exportando tecnologia e conhecimento

Além de brasileiros, os visitantes que mais compareceram para conhecer novidades e fazer intercâmbio técnico foram os da Argentina, atraídos por informações voltadas à indústria açucareira e, também, por uma intenção de aumentar o uso de etanol em combustíveis; os Estados Unidos, produtor forte de etanol de milho; e ainda a Tailândia, que tem alcançado recordes na produção e exportação de açúcar. Alguns países da América do Sul, como Bolívia, Colômbia e Paraguai também estiveram de forma expressiva.

Como o evento rompe fronteiras, chamando a atenção do mundo para a força da cana-de-açúcar como matéria prima para os biocombustíveis, açúcar e suas possibilidades na cogeração de energia, também recebeu a visita de uma delegação do Sudão. Os sudaneses participaram de um intercâmbio técnico e comercial: percorreram a feira, fizeram negócios e conheceram uma planta de etanol no Senai de Sertãozinho.

Entre o público nacional, os estados com maior representatividade foram São Paulo (90,5% dos visitantes), Minas Gerais, Goiás, Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

A FENASUCRO & AGROCANA também se tornou referência para a capacitação técnica dos profissionais do setor sucroenergético ao longo das edições. Este ano, ofereceu uma grade de conteúdo 16% maior, com mais de 350 horas de atividades, cerca de 5 mil congressistas e com a presença de 370 palestrantes.

A próxima edição da feira acontecerá de 20 a 23 de agosto de 2019. A FENASUCRO & AGROCANA é uma realização do CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site www.fenasucro.com.br .

 

 



Publicidade:

Aplicativo de Celular
Em breve o aplicativo gratuito estará disponível para download nos sistemas Android e iPhone.
Avise-me



Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber as novidades da Fenasucro & Agrocana. Fique por dentro de tudo o que acontece.

Cookies são utilizadas para operar este site e para melhorar a sua usabilidade. Os detalhes completos sobre o que são os cookies, por que os usamos e como você pode gerenciá-los, podem ser encontrados na nossa página Privacidade & Cookies. Por favor, leve em consideração que ao utilizar este site você concorda com o uso de cookies.